22.6.05

A saga do Frigo!


Image hosted by Photobucket.com

Está um calor que não se pode...Corremos o sério risco de derretermos a qualquer momento e nos fundirmos com o alcatrão...Hummm...talvez não...


O que vale é que chega ao fim de semana e as temperaturas baixam...e com um bocado de sorte é capaz de chover um pouquito, dando outra dimensão aos chamados banhos de sol...Pois...parece que alguém está a divertir-se à nossa conta lá por cima EhEhEh...



Para agravar a situação o nosso frigorífico avariou...Foram lá uns técnicos que nos deram a boa nova que este estaria reparado em dois dias. “Óptimo”-pensei-“Assim podemos nos revezar durante dois dias com a nossa mala térmica...não há-se ser nada...”.Inocentemente lá andámos durante dois dias a trocar os termo-acumuladores na nossa pequena mala térmica azulinha (Rotina: ir á garagem onde temos uma arca frigorífica, deixar acumuladores, trazer outros...passado umas horas voltar lá, trocar de novo).Esta situação aguentava-se bem dois dias, desde que estivéssemos atentos para que a comida não aquecesse...Ainda por cima somos lacto-maníacos (é leite magro e meio-gordo, manteiga, margarina, é queijo de todas as variedades, ralado, ás fatias e em pó, é iogurtes –mais valia ter uma vaca na varanda!) Com este calor se alguma coisa se estragasse era intoxicação na certa!


Mas os dois dias passaram a 3, 5, 8...Bem...foram 15 dias á torreira sem frigorífico o que significou que:


-bebidas frescas é mentira-tudo á temperatura ambiente, que o mesmo é dizer: mornas


-pão do pequeno almoço sem nada-a manteiga e queijos acabaram por se estragar...


-alface só do dia - sem frigorífico murchava a olhos vistos


-refeições também só as do dia: não podíamos guardar comida, por isso era mesmo o prato na hora, que rapidamente passou a ser bife com arroz, arroz com bife e bife com arroz - não ia investir em pratos mais elaborados se não podia guardar! Ah...e doses pequenas...o que sobrasse era desperdício...


-para não se guardar o leite (onde?) bebíamos um litro de penalty-é para evitar a osteoporose...



Durante estes dias a empresa que fez a reparação dava-nos as desculpas mais mirabolantes para não termos ainda o nosso frigorífico...Quando disse que tinha uma arca frigorífica responderam que eu tinha muita sorte porque assim podia lá guardar o queijo, a manteiga, o leite...”Ah Pois”-respondi eu “Eu gosto imenso de descongelar leite para beber...ás vezes até corto fatias de leite congelado ao pequeno almoço e barro com café; e as torradas barro com manteiga em pedra...”



Mas finalmente ontem chegou!Aleluia!Aleluia!E já o ligámos hoje!...por isso de seguida vou comprar leitinho, queijinho e voltar a atafulhar o meu amigo fresquinho! Quem diria que o electrodoméstico do canto da cozinha nos fazia tanta falta...puxa! Como é que os nossos antepassados faziam as coisa pá? Como? Bebiam directamente das vacas e cabras? E a maionese...onde guardavam? (...secalhar não havia maionese...)...Será que iam á Serra da Estrela buscar gelo para as bebidas (Será que não bebiam?...)...



Moral da história: os frigoríficos são nossos amigos!

Image hosted by Photobucket.com